A história do Festival de Violeiros de Santo Antônio do Grama

O Festival de Violeiros de Santo Antônio do Grama foi criado no ano de 1989, por iniciativa da cantora gramense Rita Russo, à época vereadora na cidade e filha do então prefeito Expedito Pereira Lima. Aproveitando o feriado do Padroeiro da cidade, o primeiro festival foi realizado nos dias 12 e 13 de junho daquele ano, com apoio total da Prefeitura Municipal. A Comissão Organizadora foi formada por Rite por Regina Nunes.

Com o objetivo de promover a cultura e a integração entre os músicos e amantes da música sertaneja, no ano de 1989 foi também realizada a "Campanha do Cobertor". Com recursos arrecadados junto a patrocinadores, a prefeitura municipal adquiriu cobertores que foram distribuídos às famílias carentes do município.

O primeiro vencedor do Festival de Violeiros de Santo Antônio do Grama foi o "Trio Amante Sertanejo", de Coronel Fabriciano, a dupla "Faísca e Fumaça", da cidade de Ferros ficou em segundo lugar e o cantor gramense "Raimundinho" ficou em terceiro.

A partir de 1990 o Festival de Violeiros passou a ser disputado em três dias, sendo duas eliminatórias e a final e foi incluído um prêmio para o melhor cantor da terra. Nessa época, o festival também era agitado pelas torcidas "Akiki Nóis Grita Akiki Nóis Bebe" e "Jatiboca", presentes em diversas edições do evento.

No ano de 1992 foi realizado pela primeira vez o Festival de Cantores Mirins, na tarde de domingo, que passou a estar presente em todas as demais edições do festival.

A partir daí, o Festival de Violeiros se tornou tradição e vem se destacando como um dos grandes festivais de música na atualidade, contando com a presença de músicos amadores e profissionais, mas cumprindo seu objetivo de promover o congraçamento, divulgação e socialização entre os intérpretes da música sertaneja do município e da região, estimular a produção musical no Município de Santo Antônio do Grama, agir como fator de cultura, lazer e entretenimento no Município, resgatar e manter a tradição musical de Santo Antônio do Grama e a valorização da cultura do município e servir como fator de congregação dos admiradores de música sertaneja.

Com o objetivo de preservar e manter essa tradição, o Conselho Municipal do Patrimônio Cultural e Natural de Santo Antônio do Grama indicou e aprovou o seu registro oficial como Patrimônio Cultural imaterial do município.


Willian e Elivelton

Contagem - MG

1º lugar geral do Festival de Violeiros 2014

Rafaela Gomes

Santo Antônio do Grama - MG

1º lugar na categoria "Melhor da Terra" no Festival de Violeiros 2014

Lucas Santos

Santo Antônio do Grama - MG

1º lugar no Festival de Cantores Mirins 2014